TIRE SUAS DUVIDAS DE COMO AUMENTAR O PENIS

QUAL O IDEAL TAMANHO DO PENIS ? O QUE SERIA UM PENIS PEQUENO ?

QUAIS OS TIPOS DE PENIS ?





PAU GRANDE DÁ MAIS PRAZER PRO GAY


BIG DOTADOS ACABA COM O "MITO" DE QUE TAMANHO NÃO IMPORTA


Esse título pode surpreender – e até chocar – muitos machos que buscam provar a masculinidade justamente pelo órgão sexual. Mas, fisiologicamente, é a única explicação para a crença de que “tamanho determina o prazer”.

Como descreve a psicóloga clínica, mestre em desenvolvimento adulto e felicidade pela USP, Angelita Scardua: na anatomia masculina, há uma proximidade entre o ânus e a próstata, separados apenas pelo períneo. A próstata é responsável por grandes níveis de prazer. Tanto é que se estimulada leva à ejaculação e ao orgasmo. Considerando que ela é a parte mais sensibilizada durante o sexo anal – teria mais sentido dizer que o tamanho do pênis tem uma dose extra de significado na relações homossexuais já que, durante a penetração, quanto maior o pênis, mais estimulada seria a próstata e maior seria a onda de prazer.

“As sensações prazerosas, associadas ao contato do pênis com a próstata, levariam aquele que é penetrado a desejar estender esse prazer por toda a extensão do reto alcançada pelo pênis. Isso criaria uma associação psicológica (e um condicionamento fisiológico) entre o tamanho do pênis e a quantidade de prazer durante a penetração”, detalha a psicóloga, também pós-graduada em neurociências.

Prazer feminino

Já a mulher não tem, do ponto de vista estritamente fisiológico, uma vagina preparada para receber um pênis grande, embora haja uma dilatação no canal vaginal quando ela fica excitada.

E mesmo durante o sexo anal – apesar do ânus feminino possuir tantas terminações nervosas quanto o masculino – os homens têm a sensibilidade nervosa aumentada devido à proximidade do ânus com a próstata, o que não ocorre com as mulheres, cujo clitóris, fonte principal do prazer feminino, se encontra bem mais distante.

Entenda a fascinação pelo órgão

O homem encara o tamanho do pênis como determinante para se sentir “macho” ou não. Essa fixação começa na infância, quando mamães e titias fazem brincadeiras com o “luluzinho” dos pimpolhos, explica a psicóloga Angelita Scárdua. Isso cria a percepção de que o pênis não é só parte da anatomia, mas algo a ser celebrado. Mais tarde, ele se dá conta de que, ao ficar ereto, o órgão aumenta e ainda dá prazer. Somando tudo, a equação masculina é: ter um pênis é uma vantagem. Um pênis aumentado é mais prazer sexual.

“Além disso, trazemos uma herança biológica e cultural: desde os tempos primitivos, o tamanho do pênis era ligado à capacidade de gerar filhos, um símbolo de poder, já que a potência era associada à capacidade reprodutiva. Essa herança é, ainda hoje, alimentada e reforçada no imaginário coletivo pela produção cultural. Um exemplo são os filmes pornôs e seus atores com comprimentos avantajados. Juntando à grande cobrança social por performance e potência, o homem passou a associar tamanho a prazer. E se não tem um pênis grande, fica inseguro.”
FONTE:

Revista.AG (A Gazeta/ES) – 27/04/2008
Por Náira Malze



NOTA DO BLOGUEIRO
===================


Lendo isso fique pensando: Imagina se elas tivessem o prazer que temos ? Seria o caos... O impacto disso nas relações sexuais seria grande, talvez até comprometendo o crescimento da humanidade...Ah, e seria uma concorrência extra que os passivos teriam de enfrentar... Mas, elas tem uma grande vantagem que deixa qualquer passivo louco: Orgasmos múltiplos.  Imagina... Se dar é bom, imagina com orgasmos múltiplos ? 


A palavra final tinha mesmo de ser do BIG DOTADOS.  Assim sendo acaba aqui a ideia de que tamanho não é documento.


TAMANHO É IMPORTANTE SIM. 

Os passivos preferem o tamanho grande porque é mais prazeroso.


TAMANHO DO PÊNIS





A preocupação com o tamanho do pênis é comum entre os homens. Essa ansiedade pode ocorrer na infância, na adolescência ou na fase adulta. Meninos frequentemente comparam o tamanho de seus pênis com os dos outros. Piadas e brincadeiras surgem dessas comparações. Entretanto a situação muda quando há início da atividade sexual.

Muitos homens, embora com pênis de tamanho normal, o acham pequeno por várias razões:

O pênis dos outros é maior.

Essa situação é muito comum e na maioria das vezes sem fundamento médico. Esses pacientes reclamam do comprimento do órgão mesmo com ereção e penetração normais.

Pacientes obesos reclamam ter pênis curto.

Essa situação é devida ao embutimento do pênis em meio à gordura sobre o púbis o que dá a impressão de um órgão pequeno.

Estatura alta e pênis não proporcional.

Embora haja certa relação da estatura do paciente com o tamanho do seu pênis, existe uma ampla variação de comprimento encontrada. Homens de baixa estatura podem ter pênis maiores que homens de alta estatura e vice-versa.

Flacidez peniana e ereção.

Os pacientes geralmente se preocupam com o tamanho do pênis em flacidez que é geralmente o momento de comparação com o de outros homens. Muitos não sabem o comprimento em ereção ou qual foi o crescimento adicional.   Um pênis que flácido pode ser grande, talvez não cresça tanto quanto um que flácido pareça menor.

O que é um pênis normal?

Deixando de lado os aspectos anatômicos de normalidade, um pênis flácido mede de 5 cm a 10 cm de comprimento. O tamanho durante a flacidez não determina o tamanho durante a ereção. A medida é feita desde o ponto em que ele se encontra com o corpo (não com a pele) até a extremidade da glande. Se aplicarmos tração manual, o pênis ganhará de 2 a 5 cm. Masters e Johnson (1966) verificaram que o pênis em ereção mede de 12,5 cm a 17,5 cm. Um recém-nascido apresenta um comprimento médio de 3,75 cm.  95 por cento dos pênis tem tamanho médio (Nos países onde há predominância da raça branca, pênis que têm entre 12 cm e 18 cm de comprimento em ereção são considerados médios. Cerca de 90% estariam dentro dessa faixa). Muito poucos são significativamente maior ou menor.

O que é um pênis anormal?

Não há uma definição universalmente aceita. Um pênis flácido menor que 4cm ou um ereto com menos de 7,5 cm devem ser considerados pequenos. Entretanto, encontramos pacientes que se aproximam desses valores mas com boa ereção e sem queixas no seu relacionamento sexual.

Quais as causas de pênis pequeno?

Causas hormonais por desordem de funcionamento dos testículos ou da hipófise podem interferir no desenvolvimento do pênis bem como de toda a genitália masculina. Dentro destes casos encontra-se desde o micro-pênis até a genitália ambígua. O pênis pode ficar pequeno em conseqüência de traumatismos, queimaduras ou doenças adquiridas (doença de Peyronie). Geralmente essas causas são raras. O mais freqüente é que o paciente não esteja satisfeito com o tamanho do seu pênis mesmo que o médico nada encontre de anormal.

Tratamento

O paciente deve ser examinado detalhadamente, incluindo volume e presença dos testículos, presença e localização de pêlos pubianos e outros caracteres sexuais secundários. Se o pênis for considerado de tamanho normal pelo médico, o paciente necessitará de uma avaliação por um sexólogo, psicólogo ou psiquiatra a fim de pesquisar a verdadeira razão de sua queixa. Se o pênis for considerado pequeno e forem detectadas alterações hormonais, uma reposição com testosterona está indicada. Tratamentos não cirúrgicos como aparelhos à vácuo, aparelhos de tração mecânica, aparelhos de estimulação eletromagnética, pesos, não dão resposta satisfatória permanente. O tratamento cirúrgico envolve secção dos ligamentos suspensores do pênis, injeção de gordura no corpo do pênis (aumento do diâmetro) ou uso de retalhos cutâneos das coxas ou nádegas. Esses tratamentos não são isentos de complicações e algumas delas podem ser graves, tais como necrose dos retalhos, reabsorção de gordura, insatisfação do paciente. Além disso, os resultados desses tratamentos são pouco conhecidos na literatura médica. Veja agora o video em que um médico responsável fala sobre alguns tipos de cirurgias que aumentam o pênis! Ele não condena, mostra um caminho...





Conclusão

Infelizmente, muitos profissionais pouco éticos se aproveitam da ansiedade e dúvidas dos pacientes, indicando, sem nenhum critério, tratamentos que mais visam onerar o paciente do que realmente uma orientação científica. Os pacientes com dúvidas sobre o tamanho do seu pênis devem procurar profissional qualificado, o qual avaliará a situação, podendo ser necessária uma opinião multidisciplinar com sexólogo ou psiquiatra.


Perguntas que você pode fazer ao seu médico

Como posso saber se meu pênis é normal?

Existem maneiras seguras de aumentar o meu pênis se eu não estiver satisfeito com o tamanho ?

CONSELHOS ÚTEIS 

• Pare de fumar.  Flácido ou ereto, o tamanho depende da quantidade de sangue no órgão. Menos sangue significa um pênis menor. Fumar estreita as artérias, incluindo aqueles que levam o sangue para o pênis. Fumar limita o fluxo de sangue no órgão, o que o torna menor.

• Exercite-se regularmente. O exercício melhora a saúde arterial, permitindo que mais sangue para o pênis. Mas o exercício do próprio pênis é inútil. Os meios de comunicação do sexo às vezes se referem ao pênis como o "músculo do amor", o que implica que, como os bíceps, certos exercícios podem engrossa-lo. Mas há diferentes tipos de tecido muscular. O pênis contém músculo liso, não o tipo que fica maior com o exercício.

• Coma menos carne e queijo, e mais frutas os legumes. Uma dieta rica em gordura animal aumenta o colesterol, o que estreita as artérias, incluindo aqueles que levam o sangue para o pênis. Tente ficar um ou dois dias por semana sem carne ou queijo. E coma 5-8 porções diárias de frutas e legumes. Eles contêm antioxidantes que ajudam a manter as artérias abertas.

• Perder a barriga.  Exercícios, menos carne e queijo, e mais vegetais e alimentos que ajudam homens a perder peso, podem ajudar no tamanho. A barriga grande invade a base do pênis, fazendo com que o órgão pareça menor. Perca a gordura abdominal, e seu pênis parece maior.

• Relaxamento meditativo. As artérias levam o sangue para o pênis são cercadas por tecido muscular. Quando os homens se sentem ansiosos (incluindo se preocupar com o tamanho do pênis), estes músculos se contraem, comprimindo as artérias e reduzindo a entrada de sangue. Mas, quando os homens relaxam profundamente, estes músculos também relaxam, abrem as artérias, maximizando o fluxo de sangue, e aumentando o tamanho, (a ereção por drogas trabalha relaxando esses músculos).  

• Mantenha-se quente. Você provavelmente já percebeu que nos vestiários frios, seu pênis parece encolher.  Mas, depois de um banho quente, que parece maior. Calor é relaxante e aumenta fluxo e tamanho de sangue. Antes do sexo, tomar banho é bom.

Além dessas abordagens, lembre-se:

Anéis penianos. Estes dispositivos em forma de anel de borracha colaboram para manter o pênis ereto,  também fornecem um pequeno crescimento. Flácido ou ereto, o sangue circula para dentro e para fora do pênis e uma das veias que leva o sangue para fora localizada próximo à pele do órgão (na parte superior) restringe um pouco a saída comprimindo esta veia. Não espere milagres. Qualquer efeito é modesto e temporário.

Bombas de Pênis. Estes tubos de plástico criam um vácuo parcial em torno do pênis. O vácuo "puxa" o sangue no órgão, o que resulta em "aumento" de tamanho temporário. Ele não fica maior, apenas ereto.  Essas bombas foram criadas na verdade pra melhorar a ereção, mas, sua função foi distorcida pelo comércio, visando lucros.

Aqueles que buscam aumentar o pênis precisam estar focados em seu objetivo.  Veja o vídeo que mostra cinco dicas de como fazer esse sonho se tornar realidade:





Compartilhe no Google Plus
    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook
VISITE

BIG DOTADOS GAROTOS BRASIL GAROTOS DE PROGRAMA HOMENS PELADOS NEGROS PELADOS SEXO GAY SEXO GAY PORNO GAY VIDEOS GAYS